[slupy_blog masonry=”off” masonry_columns=”2″ effect=”fadeIn” posts_per_page=”10″ pagination=”loadmore” meta_position=”content-after” exclude=”noticias”]
25/05/2020

Liberdade e responsabilidade | Artigo de Ney Arruda Filho

No final da década de 1980, o empresário paulista Ricardo Semler publicou o livro intitulado “Virando a própria mesa”. Na obra, ele criticava de forma veemente […]
27/03/2020

Na fila, pela democracia | Artigo de Ney Arruda Filho

A gente é assim mesmo. Vai deixando, deixando e quando vê, tá em cima da hora pra tomar uma providência extremamente importante. Eu disse que achava […]
24/02/2020

Suspensão de CNH justifica demissão de motorista

O motorista profissional que tem sua habilitação suspensa, ainda que por infração cometida fora do expediente, pode ser demitido por justa causa. A decisão é da […]
18/02/2020

Vivendo numa cidade inteligente | Artigo de Ney Arruda Filho

Sou nascido na Lajeado dos anos 1960. Pouca gente, menos carros. Morei no centro, depois no Florestal e, já adulto, no final da década de 1980, […]
10/02/2020

Novo salário mínimo

A partir de 01.02.2020, o salário mínimo passou para R$1.045,00. O valor havia sido alterado em 01.01.2020 para R$1.039,00, mas sofreu novo reajuste para evitar que […]
03/02/2020

Pão e circo | Artigo de Ney Arruda Filho

Não é de hoje que me espanto com a capacidade do ser humano se mobilizar em torno de um objetivo ou tema ligado a alguma crença […]
02/01/2020

Sobre presenças e ausências | Artigo de Ney Arruda Filho

Na semana do Natal a gente recebe tantas mensagens, pelas mais variadas mídias, que chega a dar nos nervos. Ok, quem envia está imbuído das melhores […]
16/12/2019

Rodrigo tem razão! | Artigo de Ney Arruda Filho

Não o conheço. Sei que ele é graduado em economia, que atuou no mercado financeiro como analista e que é considerado um dos “novos trombones da […]
27/11/2019

Pena de morte! | Artigo de Ney Arruda Filho

Eu já fui a favor da pena de morte. Talvez tenha sido influência do cinema americano, começando pelo filme “Desejo de Matar”, aquele com o Charles […]